BLOG TERCEIRA REVISTA
- Gerando e formando opniões.

E-commerce - (Comércio Eletrônico)

11:00



“O e-commerce ou em português comércio eletrônico é a compra e venda de mercadorias ou serviços por meio da Internet, onde as chamadas Lojas Virtuais oferecem seus produtos e formas de pagamento online. "...reduzindo os custos das empresas que atuam neste segmento e estimulando a competitividade.'' ( http://www.hospedenet.com.br/info/E-commerce.html
Começo de fato esta matéria com a frase: "O consumidor hoje não precisa entrar mais em uma fila de espera de até três meses para adquirir um carro na cor e com os acessórios que o fabricante determinava". E continuou: "Muitos produtores antes de elaborarem o produto, já focam as necessidades do consumidor que ele deseja suprir." ( http://brunamilagres.wordpress.com/ ).
 Será que os vendedores reais irão sumir do mapa? Pois é, comprar na Internet qualquer coisa pode está virando a "febre" do futuro. Como foi colocado no começo ninguém precisa ficar em uma fila por três meses, ou mesmo minutos que parecem dias. Aquela fila com um monte de gente feia, vendedores que não sabem do que precisamos e estão ali para nos forçar a comprar qualquer coisa e muita coisa em pouco tempo.

“Blumenschein e Freitas (2001) afirmam que, o comércio eletrônico já é realizado há mais tempo que se imagina, mesmo com as pessoas e empresas não estando cientes disto pois ao se fazer uma compra e efetuar o seu pagamento através de caixas eletrônicos, cartão de crédito ou qualquer outro meio digital, essa atividade pode ser considerada como uma forma de comércio eletrônico. Da mesma forma, quando se faz uma encomenda ou se recebe uma encomenda por fax, também se está realizando comércio eletrônico.” ( http://www.consulting.com.br/edsonalmeidajunior/admin/downloads/comercioeletronico.pdf )
 É de fato, que vale muito mais a pena você comprar um cd por R$ 15,00 e ter que esperar no máximo 15 dias para chegar, do que ir à loja mais próxima da sua casa, e comprar por R$30,00. Afinal, o site mais próximo de sua imaginação, vende dos CDs do seu artista preferido por R$30,00, e já na loja vende um por R$30,00. E é de fato também, encontrar produtos bem baratos que por ai na loja real, você encontraria o mesmo por um preço bem mais caro.

A loja virtual sabe exatamente o que você precisa. Praticamente não erra. Sempre tem o que você precisa. Geralmente nunca está em falta. Sempre tem mais um produto a oferecer a quem desejar comprar. O atendimento é ótimo. Ninguém te força a comprar o mais caro, ninguém te engana e você sabe o que realmente está comprando e todas as funções do que você estiver comprando. Na realidade... Os vendedores não estão nem aí para o que você está para comprar eles querem é vender mesmo (pelo menos a maioria).

Cada dia, mas a cada dia mesmo, milhões de pessoas que acessam a internet... Destes, outros milhões estão começando a usar também. E cá pra nós, não existe coisa melhor de você ver o site da sua empresa preferida não é? Imagina quando ela lhe manda e-mails com as novidades, com promoções... Os internautas são o novo público para as empresas. Empresas que não investem neles estão indo pelo caminho errado. É muito bom, você está no meio de uma aula, de um trabalho, de uma reunião ou de qualquer coisa, e de repente você receber um e-mail, um torpedo da sua loja preferida falando de uma promoção, chamando você para ver a nova coleção que chegou etc.
Diga basta, para as empresas que só usam a Propaganda para chamar a atenção dos clientes. Chega de coisas pobres. Exija mais da loja que você compra. O que vale hoje em dia é o bom relacionamento de uma empresa com o cliente. Caso contrário, só vai uma vez à loja e nunca mais volta pra lá. Chamar o cliente para comprar e somente comprar é coisa do passado. Temos que agradar e nos envolver ao máximo com ele.

"Se na minha loja virtual, o consumidor digital comprou um livro sobre Fotografia, porque não enviar e-mails periodicamente sobre ofertas de livros relacionados? Ou até mesmo no lançamento de algum livro sobre “Fotografias urbanas” (ou seja, livro relacionado com sua primeira compra) enviar um e-mail falando sobre o novo livro?" (http://brunamilagres.wordpress.com).

O comércio eletrônico brasileiro fechou 2009 com um faturamento de R$10,6 bilhões, é o que revela a 21ª edição do Relatório “Web Shoppers”, elaborado pela E-Bit. Este montante representa um crescimento de 30% em relação a 2008. Segundo o Relatório “Web Shoppers” da E-Bit, as top cinco categorias de vendas em 2009 foram:

1º Livros e assinaturas de revistas e jornais
2º Saúde, beleza e medicamentos
3º Eletrodomésticos
4º Informática
5º Eletrônicos.

A E-Bit projeta um crescimento de 30% do faturamento do e-commerce brasileiro, o que representa um número de R$13,6 bilhões (excluindo-se vendas de passagens aéreas, automóveis e leilões virtuais) (http://www.conectandoideias.net).
 Algumas das vantagens do E-commerce para uma empresa e para nós consumidores também:

1. A sua rede de loja(s), negócio esta disponível 24 horas 7 dias por semana; (Quem não deseja ter sua loja à 24h a sua disposição?)

2. Conhecimento constante do perfil de clientes, seus hábitos e regularidade de consumos; (Bem, se o site da loja aonde eu compro, tiver a opção de abrir uma conta lá, eles poderão saber do que eu gosto mais de comprar na loja, e assim poderão no futuro, oferecer ofertas que mais me atraem)

3. Rapidez na divulgação de novos produtos ou promoções. (É realmente um tédio você ter que sair de casa a procura de uma promoção ou de novos produtos. Tudo isso num site, facilitaria a vida de muitos que não tem o tempo para sair de loja em loja não é verdade?)

4. Maior comodidade para o cliente. (Sempre queremos saber as novidades de algum segmento, mas nem sempre estamos dispostos a sair de casa).

5. Diminuição dos impostos. (Parte interessante para os empresários. Qual empresário não deseja isso?)
Algumas das desvantagens do E-commerce para uma empresa e para nós consumidores também:

1. Aumento do desemprego.

2. Não conseguimos tocar no produto. [ No caso das roupas a coisa fica mais difícil. Ta certo que você sabe o seu tamanho, mas será que realmente fica bem em você? Ou será que já existe um provador virtual? ]
____
Porque investir no E-commerce? Simples! O medo de comprar pela internet está acabando, as pessoas estão adquirindo confiança. E cada dia mais, como aqui foi citado, estão chegando mais internautas. Às vendas estão aumentando e é esperado que a cada ano aumente mais .



10 MOTIVOS PARA VOCÊ ABRIR UMA LOJA VIRTUAL:

01. Baixo investimento.
02. Alcance mundial – ou pelo menos, nacional.
03. Comodidade - a loja nunca fecha – trabalha de segunda a segunda, 24 horas.
04. Especialistas indicam que será uma das principais fontes de dinheiro da Web.
05. As chances de calote são mínimas.
06. A fidelização é grande: se o cliente for bem atendido, for bem atendido, voltará sempre
07. Segurança – clientes escolhem, compram, e recebem produtos sem sair de casa.
08. Facilidades - clientes encontram, rápida e intuitivamente, tudo que procuram.
09. Pagamento e financiamento pela integração das lojas com o ambiente bancário.
10. Baixo custo de manutenção.

___________________________________________________________________________________________

Fontes de Texto:

Fontes de Imagem:

Fontes de texto e imagem:



Read On 22 comentários

Sejam muito bem-vindos.

17:05
Bom, por aqui começa mais um blog a funcionar no Blogsopot.

De início, por qual motivo o nome: Terceira Revista? Simples! O número três , dentre seus vários significados, um deles é comunicação. E a
revista, veio do Layout do blog, que é uma espécie de revista.

O blog "TR" vai puxar os assuntos para o lado da comunicação, envolvendo Jornalismo, Relações Públicas , Rádio e TV e Publicidade e Propaganda.

O objetivo é simplesmente falar de muita coisa interessante que está rolando pelo mundo moderno e sobre muitas coisas que
já aconteceu enquanto nós não estávamos por aqui.

Então nosso recheio vai ser composto de muita tecnologias, músicas, cinemas, assuntos de cadeiras da faculdade, histórias, artse, cores, dicas,
fotos, vídeos e muita informação que interessa principalmente a qualquer estudante de comunicação.

E ainda informo: se você quiser ser colaborador do blog e não tiver contado com o idealizador do blog, deixe alguma forma de contado, para que
seja posível uma troca de idéia.
Read On 1 comentários

Siga o Blog Terceira Revista

Quem sou eu

Minha foto
20 anos.Estudante de Publicidade e Propaganda e Designer. Formado em Téc. de Rádio e TV.

Buhlaxa

Buhlaxa
Não se atrase na volta

She Is Glamorous

She Is Glamorous
Para as mulheres e homens com Glamour